Os 5 Melhores Exercícios Respiratórios

Exercícios respiratórios

Uma das ações mais importantes do corpo humano com certeza é respirar. Em apenas um dia, respiramos 21,6 mil vezes ou mais, sendo que a cada um minuto inspiramos cerca de 7,5 litros de ar. Ao longo deste artigo você verá 5 melhores exercícios respiratórios.

O ar entrar pelas nossas narinas e viajam até os alvéolos, em nossos pulmões, depois atinge a corrente sanguínea e finalmente chega em nossas células, que fazem a gente existir.

Algumas pesquisas na medicina convencional têm mostrado uma importante ligação entre a fisiologia da respiração, a neurologia e o comportamento. Por exemplo, sabe-se que tomar consciência do ato de inspirar e expirar pode servir como um tratamento.

O chefe do Laboratório de Pânico e Respiração da Faculdade de Medicina, Antônio Egídio Nardi, afirma que “Os exercícios respiratórios não substituem a medicação, mas podem ser tão importantes quanto ela”, um psiquiatra que comenta doenças com o estresse, depressão e síndrome do pânico.

O diafragma é o responsável por separar o pulmão de outros órgãos do abdômen, e é através dele que a respiração correta deve ocorrer. Quando inspiramos de forma correta, o ar flui suavemente e de forma profunda por esse músculo. Para liberar algumas tensões, uma expiração longa também ajuda.

Os exercícios respiratórios deram início no ano de 1934, no Brompton Hospital, testados primeiro em pacientes submetidos a cirurgia torácica.

Os objetivos dos exercícios respiratórios são:

  • Restaurar o padrão respiratório
  • Controlar a respiração
  • Potencializar a mobilização de secreções
  • Expansão pulmonar
  • Melhorar força e endurance
  • Aumentar volume da corrente sanguínea
  • Promover relaxamento

Exercícios respiratórios: os 5 melhores

Há alguns exercícios respiratórios que você pode praticar em sua própria casa, confira:

Respiração diafragmática em shavasana

Primeiro, deite sobre uma superfície confortável e firme, deixando os pés um pouco afastados e os braços ao longo do corpo, com as palmas da mão viradas para cima. Pelo nariz, deixe o ar entrar e sair suavemente. Com uma das mãos apoie sobre o peito e tente deixá-la o mais imóvel possível, e a outra mão você deixa descansar abaixo das costelas, na região do baixo abdômen. Imagina o seu diafragma como uma bexiga, que infla na inspiração e esvazia na expiração.

Bramari

Segundo os iogues esta técnica deixa as pessoas mais alegres. Funciona assim: primeiro ache um lugar silencioso e confortável e sente em uma cadeira. Com as narinas inspire o ar, e ao expirar deixe os músculos da boca soltos e tente imitar ou reproduzir o zumbido de uma abelha.

Nadi shodana

Sentada, ereta, coloque o dedo médio e o indicador da mão direita no ponto entre as sobrancelhas. Expire pelas duas narinas. Então, tampe a narina direita com o polegar e inspire apenas pela esquerda. Tampe a esquerda com o dedo anular e solte o ar pela direita. Agora inspire pela direita, tampe-a com o polegar e solte pela esquerda, completando um ciclo completo. Faça 12 ciclos. Esse pranayama restaura o equilíbrio em momentos de crise.

Freno labial

Deixe seus lábios franzidos, e realize expirações suaves contra a resistência criada pelos lábios ou dentes semifechados, podendo o tempo expiratório ser curto ou longo.

Os exercícios respiratórios são uma ótima maneira de melhorar seu humor e proporcionar uma vida mais saudável. Pratique e comente com a gente como foi a experiência!

Comentários via Facebook

Comentários via Facebook

Autor: Blog Saúde Mais

As informações, dicas e sugestões contidas neste blog têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos e outros especialistas.

Compartilhe este artigo no

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *