Gestantes podem fazer Pilates ?

Gestantes podem fazer Pilates ?
Gostou do post?

Pilates para Gestantes: Precauções e Benefícios Saúde Mais

Pilates para Gestantes

Durante a gestação, o corpo sofre várias mudanças, causando desconforto, dores e má postura.Nesse período gestacional, a futura mamãe pode amenizar as dores e todo o desconforto, com o método Pilates.Por ser um método de exercícios de baixo impacto, não provoca sobrecargas nas articulações das gestantes.

Além disso, o Pilates possui alguns princípios que trazem muitos benefícios, como aumento da flexibilidadefortalecimento muscular, consciência corporal, relaxamento e uma respiração mais adequada. O trabalho integrado de todos os princípios favorece o bom desenvolvimento da gestação, prevenindo dores e desconfortos e auxiliando no trabalho de parto.

O Pilates pode ser feito duas ou três vezes por semana com intervalos. A bola suíça e o quadro de molas são os aparelhos mais usados nas aulas. Eles são responsáveis por trabalhar a resistência das costas, a estabilidade e o alinhamento do quadril e o fortalecimento das costas e dos braços.Algumas posições, como as de bruços ou deitada com a barriga para cima, não são recomendadas a partir do meio da gestação.

O melhor é tentar encontrar uma aula voltada para grávidas, assim o instrutor saberá exatamente o que deve ou não fazer. Se não conseguir, pergunte ao professor se ele tem experiência em trabalhar com gestantes — isso é muito importante para evitar que você ou o bebê possam vir a ter qualquer problema.Desde que não haja contra-indicação médica, as grávidas podem começar o exercício logo depois do terceiro mês de gestação. As contraindicações do Pilates na gravidez são relativas e não existe nenhuma que seja absoluta.

Desde que a mãe e o bebê estejam saudáveis e o profissional que a acompanha tenha ampla experiência em trabalhar com Pilates na gravidez, os riscos são praticamente inexistentes. Contudo, o médico obstetra deve ter conhecimento que a grávida está praticando Pilates durante a gravidez. Enfim, o Pilates traz inúmeros benefícios para a futura mamãe, mas é muito importante ter um acompanhamento adequado, feito por um profissional que tenha conhecimento de todas essas alterações fisiológicas, para que as aulas se tornem funcionais e prazerosas para o corpo de cada gestante.

Não podemos esquecer a importância do acompanhamento médico, que vai liberar ou não a prática de qualquer exercício físico nesse período.

Erica Enes – Crefito 141608

 

Tags: Benefícios do Pilates para Gestantes ,  Pilates para Gestantes – Precauções e Benefícios

Comentários via Facebook

Comentários via Facebook

Autor: Blog Saúde Mais

As informações, dicas e sugestões contidas neste blog têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos e outros especialistas.

Compartilhe este artigo no

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Importante: Para uma melhor experiência em nosso blog, utilizamos cookies, que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Para maiores esclarecimentos, acesse nossa política de privacidade e condições de uso.