A famosa dieta Jejum intermitente

Jejum intermitente – a famosa dieta

Uma das dietas mais debatidas atualmente é o jejum intermitente. Para fazer a dieta você deverá basicamente fazer várias horas de jejum, e esquecer aquela história de que para emagrecer você deve comer de 3 em 3 horas. Sim, a dieta acaba com esta ideia. Mas vamos entender um pouco melhor como ela funciona certo? Certo.

A diferença nesta dieta é que ela não mostra quais alimentos você comer, mas sim quando você deve comer. Ou seja, o estilo dela é de que você deve alternar períodos de alimentação com períodos de jejum.

Quando voltamos milhares de anos na história nos deparamos com nossos ancestrais que: não tinham comida disponível a todo o momento, e que ficavam, às vezes, não só horas como dias sem comer. Isso quer dizer que nossa biologia e corpo estão acostumados. E outra: o jejum faz parte de várias religiões no mundo, como: cristianismo, budismo e islamismo.

Quando passamos por um período de jejum, algumas coisas ocorrem com nossas células e nosso corpo. Os níveis hormonais são alterados para que a gordura armazenada fique disponível para as células. As células também iniciam um processo de reparo e recuperação.

Confira uma lista das mudanças no corpo ao jejuar:

  • Hormônio do crescimento: o nível de crescimento fica 5 vezes maior o que faz com que a queima de gordura seja mais forte.
  • Insulina: o nível de insulina no sangue cai e as gorduras ficam mais disponíveis para serem queimadas.
  • Reparos celulares: as células se reparam, e proteínas velhas e disfuncionais são removidas.
  • Expressão genética: alguns genes ligados à longevidade e proteção contra o câncer tem suas funções mudadas para o bem

Agora a pergunta é: jejum intermitente ajuda mesmo no emagrecimento? Sim, ajuda.

Quando ficamos de jejum você acaba naturalmente fazendo menos refeições, certo? Pois então, a redução no consumo de calorias também acontece. Além de todas as mudanças hormonais que facilitam para o corpo a queima de gordura.

Para fazer a dieta intermitente você pode escolher entre algumas opções: ficar um dia da semana sem comer, intercalando, ou algumas horas do dia sem comer.

As dietas intermitentes normalmente são feitas de 10 a 24 horas. Os períodos em que você não pode comer e devem-se tomar líquidos sem proteína, com água, café e chá sem açúcar.

Há algumas formas de fazer jejum intermitente, que são: jejum de 12 horas, sistema leangins, protocolo coma – pare – coma, comer apenas quando sentir fome, pilares fixos de jejum e outros.

Algumas das vantagens do jejum intermitente são:

Porém, uma das desvantagens é que é difícil se adaptar. Se você sempre comeu de 3 em 3 horas, seu corpo e seu apetite terão muitas dificuldades em ficar muito tempo sem comer, por isso é importante começar esta dieta com um acompanhamento profissional.

A dieta não é indicada para: gestantes e lactantes, pessoas com doenças crônicas, crianças e adolescentes.

Para saber mais, procura um especialista para que ele possa te indicar qual o melhor período que você deve ficar sem comer e quais alimentos comer.

Comentários via Facebook

Comentários via Facebook

Autor: Blog Saúde Mais

As informações, dicas e sugestões contidas neste blog têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos e outros especialistas.

Compartilhe este artigo no

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *