Peixes na dieta – emagreça com saúde

Dieta com peixes: emagreça com saúde

Dos alimentos de origem animal, os peixes são de longe, os mais nutritivos, e menos calóricos que existem.  Não é a toa, que a Organização Mundial da Saúde recomenda o consumo de pescados pelo menos, cerca de 12 quilos por ano (por pessoa). Isso é exatamente, 1 quilo por mês – ou seja, uma vez por semana. É uma excelente opção para substituir a carne calórica na dieta, e pra variar o sabor – afinal, quem quer viver só de bife e frango?

Nutrição em alta

Pescados são fontes naturais de vitamina A, D, e B12, além de cálcio, fósforo, cobre, selênio, e gorduras boas – como as insaturadas. Além de agradar ao paladar, você pode tirar proveito de uma nutrição bastante rica, sentindo efeitos no corpo todo.

Poucas calorias.

São poucas calorias ingeridas, a depender da opção e do preparo. Veja essas opções populares que trouxemos para mostrar-lhe:

PORÇÕES DE 100 GRAMAS:

Robalo 100 calorias
Pescada cozida 97 calorias
Linguado assado ou grelhado 90 calorias
Dourado 80 calorias
Bacalhau cozido 100 calorias
Anchova cozida 118 calorias
Cação cozido 129 calorias
peixes

Prato com um peixe grelhado e salada.

Diversidade na mesa

É possível ter uma variedade de pratos deliciosos com peixes! De cozidos a grelhados, além de sopas e strogonoffs. E uma saladinha com peixe, quem resiste? Aliás, de tão rico, não é má ideia substituir um almoço por um prato com bastante salada, e uma porção de 200 gramas de um pescado delicioso. É um dos muitos exemplos que você pode criar para substituir no seu dia a dia, em sua dieta.

Alertas:

Peixe é uma delícia, e a maioria é pouco calórica. Mas fique de olho nas exceções, por exemplo: sardinha e salmão são bem calóricos, chegando a 300 calorias em cada porção de 100 gramas. É nutritivo, mas não passe da conta comendo. O salmão é famoso por ser o clássico recheio de sushis, o que minimiza a quantidade a ser comida.

Atenção na hora de comprar

Sabe comprar peixe? Conselhos rápidos:

  • Prefira sempre as opções frescas. Os olhos devem estar escuros, e o peixe, flexível. Seus brônquios devem estar avermelhados. Porém, fique de olho na data do pescado: não pode ser considerado fresco se está à venda por uma semana.
  • Só tem congelado na opção desejada? Sem problemas, pois é mais seguro que peixes que são “supostamente frescos” (esses que falamos acima, vendidos há mais de uma semana). Nesse caso, fique de olho: se houve cristais de gelo, evite comprar: significa que o peixe foi descongelado e congelado mais de uma vez. É interessante que esteja envolvido por uma película de gelo. No caso de filés, olhar a formação de cristais é suficiente. Prefira as marcas que usam congelamento IQF: um método rápido de congelar, sendo portanto, mais seguro.

 

Leia Também : uma forma bastante única de perder peso

Comentários via Facebook

Comentários via Facebook

Autor: Blog Saúde Mais

As informações, dicas e sugestões contidas neste blog têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos e outros especialistas.

Compartilhe este artigo no

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *